MúsicaNotícias

Algumas bandas ou artistas tem o certo dom de traduzir sentimentos do público em suas músicas. Amor, amizade, alegria, insatisfação, revolta… Tudo pode virar letra e melodia.

A banda John Bala Jones, de Florianópolis, recentemente teve a felicidade de gravar uma música que tem muito a ver com o momento que o Brasil vive nas últimas semanas, com grandes protestos por parte da população em busca de melhorias para o país. Porém, a música não foi preparada para este momento. Por incrível que pareça, ela existe há mais de uma década.

Escute aqui o novo som do John Bala!

A música, originalmente intitulada “América do Sul”, foi composta em 1999, na época da produção do primeiro CD da banda, homônimo, que apresentou ao público sucessos como “Na ladeira”, “Chuva” e “Ei, Moleque”, que teve clipe rolando em rede nacional.

O compositor da música, Giulio Giacomazzi, lembra que apesar de fazer quase 15 anos, o sentimento desta letra já era parecido com o que se vive hoje. “Sempre rolou este sentimento nas minhas composições e nas músicas da banda, desde o princípio a gente tenta passar uma ideia de mudança ou ao menos fazer quem escuta refletir sobre algum assunto”.

O curioso mesmo é o momento da gravação do “novo” som. “A gente já vinha trabalhando a música, no nosso ritmo de produção, que não é tão rápido”, conta Giulio, que é percussionista da banda. “Realmente foi uma coincidência ela estar praticamente finalizada quando começaram a rolar os protestos”. Casou o tempo certo de colocar a obra à disposição do público.

Mais de uma década de estrada

O John Bala Jones já tem 13 anos de carreira e nunca parou. Para o guitarrista Fernando ‘Filhote’, porém, o desafio que ameaça um pouco a atividade de qualquer banda hoje em dia é o momento que a indústria musical passa. Ele cita como fatores principais o estilo das músicas que a mídia consome e a estrutura das casas noturnas.

“A maioria das casas não possui estrutura para receber uma banda de porte médio ou grande. Muitos lugares tem espaço só para DJs, o que torna ainda mais difícil viabilizar um show”.

Por outro lado, o crescimento da internet trouxe novas possibilidades. Apesar do grande volume de conteúdo que a rede oferece, a banda vem se adaptando há alguns anos e tem hoje como principal ferramenta de divulgação o Facebook. “Sabemos da grande importância das redes sociais. Cada vez mais procuramos uma forma para interagir e criar um novo tipo de comunicação, mais rápida e dinâmica”, conta Fernando.

Pelo Facebook o John Bala divulga fotos de shows, vídeos, músicas e inclusive mantém contato direto com os fãs via chat. Com esta constante evolução, a banda segue fazendo seus shows, produzindo material, mantendo um público fiel e conquistando sempre mais admiradores. “Por onde tocamos sempre somos bem recebidos”, diz, satisfeito.

E, com certeza, continuarão sendo. O som não pode parar!

Nas redes:

Facebook Perfil 1

Facebook Perfil 2

Fan Page

Contato para shows: (48) 99630250 / 84012648 – Agência 048

NotíciasVídeos

O título deste post não é uma metáfora e nem indica que aqui vai uma opinião sobre os protestos que estão tomando conta de todo o país. Literalmente viemos mostrar um ponto de vista diferente dos protestos ocorridos mais precisamente em São Paulo, capital: uma visão AÉREA!

O vídeo foi publicado no canal do jornal Folha de São Paulo no Youtube. Para as gravações foi utilizado um drone (espécie de helicóptero por controle remoto)  e uma câmera acoplada, como demonstrado no Instagram por João Wainer, editor da TV Folha. As imagens de helicóptero (o de verdade, com piloto) servem no vídeo apenas para ambientar quem assiste, mostrando de uma altura maior qual é o local e a quantidade de pessoas.

Vejam que legal:

Notícias

Os protestos que tem acontecido em todo o Brasil nestas últimas semanas tem surpreendido diversas pessoas pela grande mobilização. Grande parte de sua organização é feita pela internet, com mensagens, eventos no Facebook e conteúdo espalhado por diversos sites e outras redes sociais.

Hoje, 17 de junho, está programada mais uma grande movimentação em São Paulo (e em outros locais do Brasil), e todos estão sendo convidados a participar de suas casas, pendurando um pano branco em suas janelas. O pedido na imagem que circula a internet, representado pela imagem que utilizamos como destaque deste post, sugere que a pessoa seja a favor dos protestos de forma pacífica. É pedido que as pessoas publiquem fotos que representem esta participação com a hashtagh #vemprajanela.

É um momento interessante para analisarmos o quanto a população é capaz de se mobilizar e o quanto a internet tem de alcance com relação a estas mobilizações.

O Zinabre vai ficar de olho, sempre lembrando a nossos leitores que façam suas vozes serem ouvidas, mas sempre prezando pela PAZ!