ArteMúsicaNotícias

Em 27 de março de 1984, um disco chegava às lojas para chacoalhar o cenário da cultura hip hop. O rap (leia-se o gênero musical que compõe a cultura hip hop), que teve como grandes precursores Grandmaster Flash e Afrika Bambaataa, apresentava ao público o trio que representava uma mudança no som e o início de uma nova geração: o Run D.M.C.

O álbum homônimo, com treze músicas, foi apenas o start de uma carreira que transformou  Jason “Jam-Master Jay” Mizell, Joseph “DJ Run” Simmons e Darryl “D.M.C.” McDaniels em ícones dos anos 80 não apenas deste gênero, mas da música como um todo. Tanto é que o Run D.M.C. entrou, em 2009, para o Rock and Roll Hall Of Fame, sendo apenas o segundo grupo de rap a receber a honraria, depois de Grandmaster Flash and the Furious Five.

Para quem curte ou para quem ficou curioso, aqui vai o áudio do primeiro disco completo. Um clássico!

MúsicaNotícias

O rapper Rec Jay, que já passou aqui pelo Zinabre recentemente, está com single novo, quentinho, recém saído dos fornos do mestre Dj Hum.

O nome do som é “Chega e Vem Somar” e foi gravado na última passagem do Rec por São Paulo, na Humbatuque Records, neste processo de finalização do primeiro CD. Nós conversamos na semana passada em Balneário Camboriú e ele já tinha mostrado muita empolgação com essa música, que estava nos finalmentes… E realmente correspondeu à expectativa!

Ouve aí!

* Na foto de capa, Rec e Dj Hum no estúdio GET UP, do DJ Lalá Moreira, em São Paulo.

EntrevistaMúsicaNotíciasVídeos

Jovem, catarinense, rimador. Há alguns anos buscando seu espaço a partir das baladas de Balneário Camboriú, hoje Rec Jay já é apontado como um destaque do rap no meio nacional. Tanto que é um dos artistas da gravadora paulista Humbatuque Discos, de ninguém mais ninguém menos que DJ Hum, pioneiro do gênero no Brasil.

Recentemente lançou seu mixtape , “Atitude é viver”, e o primeiro clipe, patrocinado pela construtora Embraed, reflete o sucesso alcançado: Até o fechamento desta matéria, mais de 325 mil visualizações no Youtube. O artista não poderia estar mais satisfeito. [assista ao clipe no fim desta matéria]

Rec começou a se interessar pela cultura hip hop simplesmente ouvindo um rap com os amigos na escola. “A princípio era uma forma de diversão, sempre gostei de fazer freestyle (improvisar rimas em cima de uma batida)”, conta. “Conforme o tempo foi passando, comecei a me aprofundar, conhecer melhor os elementos do hip hop”, referindo-se, além da música rap, ao grafite e breakdance.

Em Balneário Camboriú, começou a cantar na festa Hip Hop Mixtape, que acontecia na casa noturna Case – onde hoje fica a Shed. “A festa era o máximo, sempre lotava!”, lembra. A partir daí, Rec passou a mostrar seu trabalho em mais casas da região, como o Didge e os antigos Djunn e Kiwi Bar, e logo estava se apresentando em outras cidades como Blumenau, Brusque e Curitiba.

Neste período, teve a felicidade de cruzar o caminho do DJ Hum, e de uma conversa surgiu a possibilidade de gravar um disco com a sua produção. “É fantástico trabalhar com um grande ícone do hip hop como o DJ Hum, ele é uma referência pra mim e pra toda uma geração de artistas. Acredito que o sonho de todo jovem rapper é gravar com um cara como ele”. [E nós também acreditamos, pois o cara é realmente uma fera que ditou os rumos do gênero no Brasil e já foi além, trabalhando com artistas como Jota Quest, Seu Jorge, Simoninha e Wilson Sideral]

Além de seu produtor e mentor, Rec Jay tem como influências não só grandes nomes do hip hop, como Thaíde, B. Negão e Tio Fresh, mas também passeia por gêneros como o samba rock, R&B e Soul Music. Ele cita inclusive outro artista que vem escutando bastante e que passeia por diferentes estilos: Kaion, que também está surgindo como destaque na cena de São Paulo. Fica a dica!

A mistura entre diferentes ritmos está presente também nas próprias músicas do mixtape “Atitude é Viver”. Rec passeia por outros gêneros para embalar suas rimas e destaca inclusive a música de trabalho, ‘Aumenta o Volume’: “sampleamos o clássico ‘I Don’t Know What It Is But It Sure Is Funky’, de um vinil de 1973 da banda Ripple”.

Para quem quiser conferir o trabalho deste jovem rimador, a mixtape “Atitude é Viver” está disponível para download no site oficial do rapper. Ele sabe inclusive que a internet é uma ferramenta indispensável na divulgação do trabalho de qualquer artista, ao mesmo tempo em que trabalham para levar o som às rádios também.

Foi neste ritmo de trabalho que a música ‘Na Batida’, com participação de Dado Soul, tocou durante bom tempo na rádio Transamérica (SC) e teve clipe com mais de 60 mil visualizações no Youtube. E, agora, ‘Aumenta o Volume’ toca todo sábado na 105 FM, de São Paulo. Mesmo assim, Rec faz um apelo: “É muito importante que o público saiba reconhecer quais músicos estão realizando um trabalho relevante e ter consciência de que se você realmente gosta de música, é importante comprar o CD, ingressos pros shows, fortalecer quem trabalha em prol da boa música“.

Agora, Rec Jay se prepara para continuar crescendo. Com o clipe ‘Aumenta o Volume’ bombando na internet e já sendo reproduzido em canais de TV a cabo, como o “Play TV”, a mixtape ‘Atitude é Viver’ logo será lançada como um CD e estará disponível para venda em todo o Brasil. Enquanto isso, o artista de Balneário Camboriú divide sua rotina de shows principalmente entre Santa Catarina e São Paulo – onde inclusive cantou na última Virada Cultural para um público de mais de 20 mil pessoas ao lado do DJ Hum (foto).

rec-viradacultural

“Uma coisa muito bacana é ver a galera compartilhando nossos trabalhos nas redes sociais, fico muito feliz com isso. No que depender de nós, podem aguardar boas novidades para o hip hop de Santa Catarina!” – nós contamos com isso!

Contato para shows: 11 23064083